Motivação tem a ver com propósito

Altos e baixos

Todas as pessoas tem altos e baixos na vida. A diferença entre vencedores e perdedores  está em como nos comportamos nos momentos de baixa, e em como aproveitamos os momentos de alta para criar o gás e o momento necessário para passar pela baixa.

O sucesso é ir de uma derrota a outra sem perder o entusiasmo. –Winston Churchill

Mas de onde vem esse entusiasmo? Acredito que a maior fonte de motivação para qualquer atividade na sua vida é enxergar um propósito nessa atividade. É enxergar um porquê para estar fazendo isso em detrimento de outras tarefas, e ver valor no resultado final.

Talvez seja exatamente esse o problema com a maioria das pessoas nesse país. Elas não estão trabalhando ou estudando por um propósito final, mas sim pela pseudo-desculpa de não ter outra opção. Sempre existe outra opção, bastando apenas olhar para seus problemas com outros olhos, por um ângulo diferente.

Defina qual é o seu propósito de vida. Defina uma visão, uma auto-imagem alcançando um certo objetivo, e trabalhe para alcançá-lo. Apenas assim é possível ter motivação de sobra para passar pelos momentos de baixa.

Você quer empreender, certo? Defina porque você quer abrir uma empresa. Empreender é parte do caminho para alcançar o seu propósito? Você vai empreender em uma área que te traz satisfação pessoal? Ou está fazendo tudo pelo resultado econômico? A falta de propósito geralmente aparece estampada no resultado final da sua empreitada, na forma de um fracasso não superado.

4 ideias sobre “Motivação tem a ver com propósito

  1. Pingback: Como motivar seus colaboradores, e a si mesmo | Empreendedor Solo

  2. Muito bom, também acredito que atuar naquilo com que se identifica e em que haja um sentido, é essencial para o sucesso. Mas agora vem a pergunta compicada: como se faz para encontrar esse propósito? Com achar aquilo que te mantém apaixonado, motivado e focado? Existe alguma técnica que ajude nessa definição de um propósito de vida? Abraçcos

    • Olá Paulo,

      A melhor forma de saber o que te faz feliz é olhar para dentro de você, e procurar se conhecer melhor. Outra coisa que você precisa fazer é observar aquilo que você faz no dia-a-dia, e analisar qual atividade faz o tempo passar mais rápido, ao ponto de te fazer esquecer de comer, dormir ou ir ao banheiro. Uma última dica é analisar a sua infância, procurando pelas brincadeiras que você mais gostava; nessas brincadeiras vão estar as características essenciais da sua verdadeira paixão.

      Abraços e volte sempre!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *