5 mercados para empreender em 2013

grafico-linhas

A revista PME Exame publicou em agosto de 2012 um estudo mostrando 5 mercados com grande potencial de crescimento e com muito espaço para empreender. Segue um pequeno resumo de cada um deles.

Comércio Eletrônico

O mercado de e-commerce vem crescendo mais de 25% a cada ano, e saltou de R$ 18,7 bilhões em faturamento em 2011 para mais de R$ 23 bilhões em 2012. E a tendência é manter o crescimento, já que menos da metade dos internautas brasileiros já fizeram alguma compra online. Além disso, o faturamento do e-commerce representa apenas 2% do total do faturamento do varejo no Brasil.

Tal crescimento abre oportunidades em vários áreas, seja provendo a infraestrutura tecnológica necessária, oferecendo serviços de logística ou realmente vendendo seus produtos online.

Educação

A proporção de jovens que estão na escola subiu de 89% no final da década de 90 para 96% hoje. A quantidade média de anos de estudo em pessoas com idade superior a 15 anos também subiu, de 6,4 anos em 2001 para 7,5 anos em 2009. O número de pessoas que ingressam no ensino superior também aumentou.

Além do ensino regular, há também uma alta na demanda por ensino profissionalizante, seja em idiomas, informática e outras habilidades técnicas mais específicas.

Com essas mudanças surgem oportunidades em toda a cadeia do ensino, desde produção de conteúdo, passando por tecnologias (de ensino a distância, por exemplo) e chegando até a prestação de serviço em si.

Moradia

Segundo a PME, existem mais de 60 milhões de domicílios no Brasil, e serão necessários mais 23 milhões na próxima década. O acesso ao crédito está mais fácil, e isso aumenta a demanda por imóveis financiados, principalmente por quem quer sair do aluguel.

Isso abre oportunidades para a construção civil e para uma gama enorme de serviços e produtos relacionados, passando por materiais especiais para construções mais duradouras, caminhando pelos materiais de acabamento, serviços de arquitetura e paisagismo, especialização de profissionais, recrutamento de profissionais, etc.s

Longevidade

As pessoas estão vivendo mais. Em 2000 existiam 14,5 milhões de pessoas com mais de 60 anos no Brasil. Em 2010 eram 20,5 milhões, e a expectativa é que esse número chegue a 28,3 milhões em 2020. Além disso, os idosos brasileiros tiveram seu poder de compra aumentado em quase 45% nos últimos 5 anos, em média.

Esse aumento abre oportunidades para produtos e serviços que proporcionem um aumento da qualidade de vida das pessoas nessa faixa etária, seja com atividades físicas, opções de lazer, cursos, profissionais para cuidar e tratar de possíveis problemas de saúde, produtos que facilitem a locomoção e a interação com outras pessoas, aparelhos para facilitar as atividades do dia-a-dia, etc.

Metrópoles

Estima-se que em 2025 nove em cada dez brasileiros viverão em áreas urbanas. Isso significa que cada vez mais brasileiros passarão pelos problemas de se viver em grandes cidades: trânsito, rotina puxada, muitos afazeres, transporte público problemático, violência, etc.

Como já disse antes, boas ideias de negócio surgem dos problemas das pessoas. Portanto quanto mais problemas disponíveis, mais oportunidades para montar um negócio. Você pode prestar serviços ou oferecer produtos que facilitem o dia-a-dia, economizem tempo ou dinheiro, tragam qualidade de vida, etc.

Conclusão

2013 é um ano recheado de novas oportunidades. Não sei quanto a você, mas ler cada um desses tópicos me deixa com a cabeça fervilhando. Prometo detalhar um pouco mais cada mercado desses em posts futuros, e apresentar algumas ideias para cada um deles.

Caso queira compartilhar algo ou tirar alguma dúvida, deixe um comentário abaixo. Aproveite para assinar a nossa newsletter e ser avisado sobre a publicação de novos posts.

2 ideias sobre “5 mercados para empreender em 2013

    • Olá!

      Um dos caminhos mais naturais é identificar alguma coisa que você saiba fazer bem e transformá-la em um curso para que outras pessoas aprendam com você.

      Como és enfermeira, pode por exemplo montar um curso de primeiros socorros para acidentes domésticos, ou um seminário de primeiros socorros para empresas e escritórios.

      Procure entender o que você sabe fazer e o que gosta de fazer, e transforme esse conhecimento em um curso. Sempre existirão pessoas que estão dispostas a pagar para obter esse conhecimento.

      Qualquer coisa, volte a entrar em contato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *